Germinação

O monitoramento ambiental pode ser definido como um processo de coleta de dados, estudo e acompanhamento contínuo e sistemático das variáveis ambientais, visando identificar e avaliar, qualitativa e quantitativamente, as condições dos recursos naturais em um determinado momento, assim como as tendências ao longo do tempo (variações temporais).

A implantação de atividades de monitoramento ambiental se inicia com o planejamento, que envolve:

- A definição dos indicadores/ parâmetros a serem avaliados;

- A metodologia e os meios a utilizar;

- O local da amostragem ou de coleta;

- A frequência da obtenção de dados.

O foco do monitoramento é a coleta, registro e acompanhamento de informações sobre substâncias ou outros indicadores representativos da qualidade de determinado elemento sujeito a controle ambiental. Essas informações, classificadas como parâmetros monitoráveis, são coletadas em pontos específicos. Cada ponto oferece um subconjunto bem definido de quais parâmetros devem ser coletados nele.

Os parâmetros e as condicionantes podem ser associados a uma temática ambiental, um conceito que define um conjunto de itens ligados ao mesmo aspecto ambiental, por exemplo: clima, emissões sonoras, qualidade do ar, qualidade de águas.

Cada parâmetro possui uma unidade de medida para expressar o valor atribuído a ele. Essa definição garante a homogeneidade na avaliação dos valores levantados ao longo do tempo para cada parâmetro. Os valores coletados para cada parâmetro podem variar dentro de uma faixa de valores considerada aceitável, e é fundamental acompanhar os casos em que os valores apurados saem dessa faixa, para que sejam apuradas as causas e tomadas as devidas medidas corretivas. Um sistema de monitoramento ambiental, em adição aos valores considerados aceitáveis, deve permitir a definição de valores como metas, de modo a possibilitar a busca da melhoria contínua do processo de preservação do bem natural.

A realização das medições pode ser feita por laboratórios credenciados que prestam serviços de coleta e medição de parâmetros ambientais. As medições são feitas por técnicos qualificados e designados para essa tarefa, empregando equipamentos específicos. Os equipamentos usados na medição dos parâmetros monitorados precisam ser calibrados em intervalos de tempo específicos, para garantir a aferição adequada dos parâmetros e o controle do prazo de validade deles.

Para cada ponto de coleta, são designados um ou mais técnicos e um determinado conjunto de parâmetros a serem levantados nesse ponto. Caso ocorra alguma extrapolação dos valores medidos dos parâmetros, devem-se registrar as condições que provocaram essa situação incomum. Por exemplo, durante a coleta, é necessário registrar as condições meteorológicas que podem interferir nas medições dos parâmetros ambientais, caso essas se manifestem.

Após o registro da coleta no sistema de monitoramento, deve-se fazer uma análise dos resultados obtidos, em especial no caso em que há não-conformidades nos valores coletados em relação às faixas definidas de normalidade. Valores de parâmetros medidos podem ser expurgados, por extrapolarem faixas de normalidade, em decorrência de erro, interferência ou defeito nos aparelhos.

Para possibilitar a análise estatística dos dados coletados é possível agrupar os valores de um determinado parâmetro em classes e trabalhar com técnicas de distribuição de frequência.

Meio Ambiente:

Home | Apresentação | Cidade Sustentável | Monitoramento Ambiental | Gestão de Resíduos | Lumiar Software